Arquivo da tag: linha de são cipriano

Bruxos e Feiticeiros na Umbanda

mestres_da_magia
Recebemos um email do nosso irmão George Carlos de Cuiabá-MT nos perguntando a respeito da presença de entidades que se manifestam como bruxos e feiticeiros dentro das casas umbandistas, é certo? é possível? dentro de nossa limitada capacidade, mas crendo na assistência dos nossos guias e amigos espirituais, tentaremos responder ao irmão com a cautela e cuidado que o assunto tratado merece.

Não me lembro mais qual foi a primeira vez em que ouví falar sobre a presença de espiritos que se manifestam como bruxos e e feiticeiros na Umbanda, porém, me lembro da quantidade de vezes em que busquei conhecer, aprender, ler sobre esse assunto. Não é de se assustar que em uma religião que crê na unidade religiosa exista a presença de seres que pregam e vivem crenças diferentes unidos, assim acreditando já me deparei com uma diversidade enorme de falanges de trabalhos nas casas umbandistas tais como por exemplo a Falange dos Feiticeiros (que vem a ser a de São Cipriano), a Falange Real (de reis e rainhas), a Falange Imperial (composta por espiritos que viveram nos morros e favelas, não confundir com a falange dos Malandros), entre outros; Quando analisamos algumas dessas manifestações nos assustamos ou com a baixa vibração de espiritos que aproveitam da falta de conhecimento dos membros de algumas casas e inventam terem sido isso ou aquilo, cobram por supostos trabalhos que nada tem a ver com a energia que supostamente representam e realizam um verdadeiro desfile de carnaval com roupas que nem de longe lembram a Umbanda, ou nos assustamos com a constatação da veracidade de alguns que de tão evoluídos que são só de nos olhar já nos “desmontam” trazendo conhecimentos e ensinamentos antigos e milenares nos ensinando a verdadeira essência da magia enriquecendo assim a nossa tão querida Umbanda. Magos, Feiticeiros, Bruxos, Padres (sim, no passado existiu uma Falange de Padres na Umbanda) todos são bem vindos na Umbanda, não importa se são velhos, novos, antigos ou atuais, o que nos importa é a prática da caridade a que eles se propõe a fazer na Umbanda. Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , ,